Causas da depressão

Os fatores que causam e desencadeiam a depressão são inúmeros! O curioso é que um fator que pode desencadear depressão em uma pessoa, pode não desencadear em outra pessoa. Por esse motivo, não é adequado julgar a pessoa deprimida de forma comum como as pessoas julgam, como por exemplo:  eu já passei por situação pior e não fiquei assim, ou outras formas de querer que a pessoa reaja, porém sem qualificar a dor de quem sofre, visto que desconsidera a causa como fator relevante. Nesse panorama, precisamos entender as causas da depressão para que possamos através da compreensão da doença, buscar um caminho para a superação da doença.

A Depressão é multicausal, ou seja, são diferentes fatores integrados que desencadeiam a crise de depressão. Vamos observar , a partir da visão interdisciplinar que vamos identificar ue há fatores biológicos, psicológicos e sociais na origem da doença.

Fatores Psicológicos

É comum que a pessoa que sofre de depressão ter vivido uma situação de perda significativa que não foi superada. Normalmente, perda de pessoa muito importante em sua vida e que tenha relação com os seus cuidados e da sua segurança. Vivências traumáticas ou vivências de desastre ou tragédia também podem estar relacionadas com o desenvolvimento da depressão. Em relação ao sintoma da depressão relacionado com a estrutura de personalidade, podemos observar o sintoma nas estruturas neuróticas, bem como nas estruturas psicóticas.

Pacientes que já experimentaram períodos de depressão relatam um acontecimento estressante como desencadeador da doença. Normalmente, relatam  perda recente de uma pessoa, seja por morte ou por separação.  É comum citarem um acontecimento traumáticos, como a perda súbita de uma pessoa querida ou um evento da natureza, como  por exemplo uma enchente, podem estar na origem da crise depressiva. Algumas pessoas passam por essa situação e se recupera em um curto período de tempo, porém, outras não conseguem sair do vazio e da angústia desencadeada, apresentando um estado de doença crônico. Dentre os fatores psicossociais causadores de depressão, problemas relacionados à convivência e relacionamento no ambiente de trabalho, bullying ou assédio também têm fundamental importância para o desenvolvimento da doença em questão. Fenômenos que mexem com a autoestima ou a autoimagem são marcados como fenômenos que estão relacionados com o desencadeamento da crise depressiva.

Causas da depressão

Alguns fatores genéticos ou biológicos podem explicar a maior vulnerabilidade de certas pessoas. A existência ou a ausência de uma forte malha social ou familiar também influenciam – positiva ou negativamente – na recuperação.

Os conteúdos descritos nesse texto são decorrentes da minha prática clínica em Psicologia integrada através de discussões de casos com a Psiquiatria, relacionada com os textos de Kaplan, Sadock, Yudofsky, Mackinnon e Michels.

O profissional psicólogo deve observar as causas em cada caso, e considerar em cada caso se há necessidade de integrar o tratamento com a psiquiatria. O encaminhamento e o acompanhamento integrado se faz necessário em inúmeros casos.A depressão tem tratamento!

Referências Bibliográficas:

KAPLAN, HI.; SADOCK, B. Compêndio de Psiquiatria. 9ª edição. Porto Alegre: Artes Médicas, 2007.

MACKINNON, R.; YUDOFSKY, S. A avaliação psiquiátrica na prática clínica (trad. Maria Cristina R. Goulart). Porto Alegre: Artes Médicas, 1998.

MACKINNON, R.A.;  MICHELS ,R. A entrevista psiquiátrica na prática diária. Editora Artes Médicas: Porto Alegre, segunda edição, 1992.